Postado na Categoria: “Relações Pessoais”

Custa muito caro!

Por: Não Custa

Cada dia que passa, as pessoas estão se importando menos com as regras de boa conduta, com as leis, os direitos e os seus semelhantes. Para se ver uma manifestação deste tipo, nem é necessário que uma pessoa tenha seu direito ameaçado ou ferido e alguém manifeste sua indignação. Basta que alguém se sinta em situação de prejuízo: Um indivíduo acaba de tomar um refrigerante e joga a latinha pela janela do carro. Sua sensação de prejuízo é mais ou menos assim: Onde jogo este lixo? Por que jogaria este lixo dentro do meu carro? Quanto tempo eu terei de guardar este lixo até que ache um lugar correto para depositá-lo? Sensação de prejuízo! Isto vale para outros casos como: entulhos retirados de uma obra, móveis velhos, tranqueiras que estavam ocupando espaço, etc.

O próximo passo é achar o culpado pela situação. Se o indivíduo se sente prejudicado, alguém deve ser o culpado. Alguém que deveria deixar as coisas mais fáceis para ele, uma lixeira ao seu alcance, um lugar bem ao lado de sua casa para jogar suas tranqueiras, seu lixo; deixasse talvez um número de telefone, gratuito é claro, para que pedisse a retirada do material, de graça e no mesmo dia.

Então, esse indivíduo encontra o que há de mais raro numa cidade grande: O “lugar de ninguém”, que é na verdade, o espaço público, ou talvez resolva descartar seus troços na longa calçada da casa de alguém que, segundo o seu senso de justiça, teria melhores condições de se livrar do seu lixo. Talvez num lugar particular cujo dono não seja conhecido, um lugar que aparentemente esteja esquecido, assim não terá problemas em depositar ali o seu estorvo, afinal ninguém se importa com aquele lugar. Quando são pobres, devem pensar que alguém por ter uma melhor condição financeira deveria cuidar disso e, quando são ricos, alguém em piores condições deveria limpar a sua sujeira. Pensando bem, acho que não se trata de ricos ou pobres, uma pessoa que não tem uma disciplina moral e ética não fará muitos questionamentos, simplesmente agirá dessa forma. Este pensamento demonstra postura egocêntrica de uma pessoa e sua capacidade de ver o seu próximo como possível inimigo ou simplesmente um ninguém. Isso vai ocorrer no trânsito, no ônibus, na fila do mercado, em qualquer lugar em que tiver a sensação de prejuízo.  Aliás, estas pessoas parecem andar constantemente com esta sensação.

E o pior está por vir! Entre estas pessoas estão aquelas que após usarem o vaso sanitário, não se dão o trabalho de apertar um botão ou puxar uma cordinha, são as mesmas que depois de se limparem, e errarem o arremesso do papel no cesto de lixo acreditam que um “gandula” aparecerá assim que ela deixar o local.

Tamanha falta de noção leva um ser humano a ser pior do que se imagina.

Certa vez, eu estava num estacionamento em frente a um condomínio e fiquei observando um carro vermelho que estava muito sujo, tinha marcas nas laterais como se algum líquido tivesse escorrido nas suas portas. Pensei que poderia ser de cães que estavam marcando território naquele veículo. Pela altura das marcas logo descartei a possibilidade. Então um sujeito chegou, encostou-se ao veículo, abriu o zíper da calça e começou a urinar, deixando mais uma marca na lataria empoeirada. Eu tentava entender aquela ação. Era para mim uma reação de vingança contra o dono do veículo. O dono, por sua vez e por alguma razão, não tratava de lavar seu carro deixando que as marcas de escorrido fossem acumuladas. Inacreditavelmente ao terminar de urinar na porta do veículo, o sujeito abriu a porta, entrou no carro, deu a partida e saiu. Nunca vi tamanho exemplo de autodestruição.

Para este tipo de pessoa, tudo custa muito caro! Procurar um lugar adequado para urinar, pegar o papel que caiu fora do cesto, guardar seu lixo até que encontre um lugar próprio para depositá-lo. Custa muito caro dar passagem para alguém no trânsito ou esperar um pedestre atravessar a rua. Acredita que alguns dão a vida por um espaço de aproximadamente 5 metros no trânsito? Dão a vida por um minuto e meio que dure um farol vermelho?

Para este tipo de pessoa, seria muito tarde para aprender alguma coisa a respeito de reais valores da vida?

“Educação é o que resta depois de ter esquecido tudo que se aprendeu na escola.” [Albert Einstein]

Do que é formada uma pessoa em que este alicerce inexiste?

Texto de Ricardo Lopes (www.ricardolopes.com.br) especialista em Pinturas em Parede

1 setembro, 2011 Postado em Higiene e Saúde, Relações Pessoais

Não Custa respeitar o Ser Humano

Por: Não Custa

Achei o máximo esta campanha no Facebook.

O fato é que enche o saco toda hora algum grupo ou segmento da sociedade tentar fazer alguma campanha em causa exclusiva e muitas vezes mais aumentando a discriminação do que diminuindo.

Apoio a causa dos homossexuais, assim como apoio a dos negros, dos obsesos, dos evangélicos, dos ateus, dos nordestinos, dos índios, dos magros, dos carecas …

Enquanto ficarmos taxando uma pessoa como membro de algum grupo, estaremos automaticamente criando esta divisão, mesmo que seja com o objetivo de acabar com a discriminação.

Somente os ignorantes acham que porquê nasceram em uma determinada cidade, ou porque tem uma determinada cor, ou porque são ricos, ou porque são pobres, ou porque tem um corpo bonito, ou porque leram a Bíblia, o Alcorão ou seja lá o que for, somente os realmente ignorantes, é que acham que isto os torna diferentes, especiais.

É muita pretensão alguém achar que é melhor do que outro. Não é porque você leu alguns artigos científicos e deixou de acreditar em Deus que isto te fez mais inteligente e agora todos os crentes são ignorantes e tapados. Não é porque você leu a Bíblia e mais alguns livros que a igreja te indicou que isto te dá o direito de achar que um ateu é um coitado, ignorante e que vai queimar no fogo do inferno. Se você tem alguma crença, alguma ideologia, algum conceito: GUARDE PRÁ VOCÊ! Porém, você não tem o direito de tratar com diferença, nem discriminar, nem desrepeitar aquele que pensa, age ou vive diferente de você.

A intolerância é um dos maiores males da sociedade. A maior causadora de males, de guerras, de infelicidade.

Portanto, minha sugestão é: antes de você começar uma campanha em prol dos nerds de óculos da zona sul do Rio, pense que ao fazer isto você já está automaticamente se discriminando.

Quando realmente começarmos a respeitar o Ser Humano, por sí só, e apenas isto. Teremos dado um grande passo na humanidade.

9 junho, 2011 Postado em Relações Pessoais

Não Custa amamentar com discrição

Por: Não Custa

Como é linda a relação mãe e filho. O ato de amamentar é algo tão singelo, delicado e afetuoso.

Mas sempre tem alguém que consegue tornar isto algo estúpido, vulgar e nojento!

Não saque o seu peito no meio de todo mundo, em lugares cheio de gente, na laje, com um monte de gente suada, grudando, tocando créu regado a guaraná bacana e pão com ovo.

Tudo tem limites! Isto é degradante! Não Custa ter um pouquinho só de bom senso antes de amamentar.

A solução? É só procurar um lugar mais discreto e pronto, assunto resolvido!

19 fevereiro, 2011 Postado em Relações Pessoais, Reuniões e Encontros

Não Custa deixar as pessoas em paz

Por: Não Custa

O Cachorro na dele e o Gato enchendo o saco….

www.naointendo.com.br

29 julho, 2010 Postado em Animais e Hobbies, Relações Pessoais

NãoCusta escolher direito!

Por: Não Custa

Tessália é uma das mulheres MAIS INFLUENTES DO MUNDO segundo a revista Época. Pode?

Quer ser reconhecido como uma pessoa influente e importante para a humanidade:

– Tenha um twitter com muitos seguidores (Não! Não precisa twittar nada relevante)
– Participe de uma edição do BBB da Rede Globo
– Faça movimentos sugestivos debaixo do edredom com outro participante do mesmo BBB
– Vire piada nacional por causa do item anterior
– Pose para a Playboy (tem que ser playboy)

Pronto, você acaba de se converter em uma personalidade influente para uma das revistas mais vendidas do Brasil!

Veja você mesmo:

http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI125672-17445,00-AS+MULHERES+QUE+DOMINAM+O+MUNDO.html

Fonte: http://www.sedentario.org

28 julho, 2010 Postado em Relações Pessoais

Não Custa cuidar com o que aposta

Por: Não Custa

Claramente o sujeito dando risada ganhou uma aposta imbecil!

É isto que dá, aí vc pode acabar tendo de fazer uma “merda” de tatuagem….

28 julho, 2010 Postado em Relações Pessoais

Não Custa respeitar os mortos

Por: Não Custa

Ninguém gostaria de ter uma foto sua, no caixão, no orkut.

Ninguém gostaria de ter seu atestado de óbito escaneado e postado no orkut.

Ninguém gostaria de ter uma sequência de fotos: hospital –> Bem mal –> No caixão, no orkut.

Isto não é homenagem, é falta de respeito!

Envie Coroas de Flores para um ente querido.

27 julho, 2010 Postado em Relações Pessoais

Não Custa entender o conceito de sucesso

Por: Não Custa

Em qual etapa do sucesso você está?

23 julho, 2010 Postado em Negócios e Trabalho, Relações Pessoais

Não Custa ter coragem e não se intimidar

Por: Não Custa

Quando você confia em você, as outras pessoas percebem e começam a te respeitar também!

Pense nisto.

23 julho, 2010 Postado em Relações Pessoais

Não Custa se esforçar para marcar nomes

Por: Não Custa

Quem nunca esqueceu o nome de alguém e ficou com um papo furado aguardando uma brecha para lembrar do nome da pessoa ou para pelo menos se lembrar de quem ela era?

Se é uma dica difícil de se realizar, tudo bem, eu tb acho. De qualquer forma, vale a dica da foto…rs

20 julho, 2010 Postado em Relações Pessoais
Página 1 de 3123


Não Custa é uma iniciativa da interAmplitude especializada em Criação de Sites