Postado na Categoria: “Balada, Teatro e Cinema”

Não Custa ser Legal

Por: Não Custa

De que adianta assistir ao filme Tropa de Elite 2, ficar indignado com tantas barbaridades e com tanta roubalheira, mas no caminho de volta acender um cigarro de maconha e vir fumando “de boa” até em casa?

De que adianta aplaudir as ações da polícia no Rio, comemorar a cada traficante morto na favela, “xingar no twitter” pedindo para o governo dar um jeito na questão do tráfico e na violência no Rio, mas sair a noite na balada e dar uma cheirada para curtir melhor a noite?

De que adianta ver cenas da cracolândia e ficar horrorizado com o estado de dependência daquelas pessoas, totalmente jogadas à marginalidade, trocando sexo por pedra de crack, mas no carnaval, não conseguir se divertir sem um lança-perfume? Ou numa rave sem uma balinha?

Se você é destes que não consegue curtir uma festa, nem se divertir sem ter uma “forcinha” de uma droga qualquer, então você realmente não sabe o que é Legal! Além disto, talvez você ache que não, mas você financia o tráfico, você colabora com a violência, você participa indiretamente da morte de cada pessoa que vive nestas áreas de conflito por conta do tráfico. Não adianta reclamar, pois você não tem moral para exigir qualquer ação do governo, nem da polícia, nem de nenhuma autoridade, você que usa uma balinha numa rave ou só uma carreirinha numa balada, é parte integrante do mundo do tráfico e é tão criminoso quanto qualquer traficante, pois o seu dinheiro vai para comprar armas e financiar toda carnificina que envolve o mundo das drogas.

Não só os dependentes de drogas é que financiam o tráfico, mas todos que usam, seja uma vez por dia, por mês ou por ano. A origem da droga é a mesma, o vendedor é o mesmo. Não há diferença.

Você que usa algum tipo de droga apenas eventualmente, saibe que é possível SIM, curtir uma balada, um show, uma festa, o carnaval ou seja lá o que for, sem estar sob efeito de drogas. Você não precisa se esconder atrás de uma droga para ter coragem de fazer alguma coisa, tenha personalidade, tenha respeito por si próprio!

Curtir a vida sem drogas, além de ser muito mais legal, é legal!

29 novembro, 2010 Postado em Balada, Teatro e Cinema

Não Custa pensar melhor na desculpa

Por: Não Custa

Se beber, arrume uma boa desculpa.

Não Custa usar camisinha

Por: Não Custa

Este cara tem hoje 19 anos, é HIV positivo e faz questão de transar sem camisinha. Seu lema é “se eu tenho e vivo numa boa, outros podem ter também”.

Será que vc já não saiu com ele? Será que sua parceira ou aquela mina que vc conheceu na balada nunca saiu com ele?

Não Custa se previnir!

A História

Conheci um cara que com 17 anos. Ele conheceu uma garota na balada, pintou um clima e tal… ele estava sem camisinha e ela tb, mas mesmo assim rolou.

Ele continuou saindo e tendo vários relacionamentos, depois de alguns meses apenas, foi descobrir que era HIV positivo e, até lá, já tinha transmitido o vírus prá muita gente.

Colocar a camisinha pode quebrar o clima, pode ser um pouco chato e brochante. Quando você não tem ela então, pior ainda, corre o sério risco de se dar mal.

Por mais chato que seja, e por mais que pareça que você está “chupando bala com a embalagem”, usar camisinha é a atitude mais responsável que você pode ter consigo mesmo.

Você nunca terá como saber se a pessoa que vc está saindo tem alguma doença, bem como se já saiu com alguém que tem. A única opção é se proteger, e Não Custa nada colocar uma camisinha. São 2 minutos por uma vida inteira.

(a imagem utilizada é ilustrativa e não corresponde à pessoa em questão.)

18 julho, 2010 Postado em Balada, Teatro e Cinema, Higiene e Saúde

Não Custa respeitar a fila

Por: Não Custa

Não Custa ficar na fila como todos os outros que estão nela! Parece óbvio mas não é o que vemos frequentemente.

A prática de guardar lugar na fila para alguém, ou permitir que alguém entre na sua frente simplesmente porque está com “mais pressa”, não é muito legal.

O fato de vc ser o primeiro da fila ou deixar alguém entrar na sua frente, não quer dizer que os outros tenham de aceitar, até pq, se ela entrou na sua frente, consequentemente entrou na frente de todos os outros que estão atrás de vc.

Já guardar lugar na fila para alguém que já estava nela e precisou dar uma saidinha, como por exemplo, ir ao banheiro, é de bom tom.

Não Custa ser criativo em sua fantasia

Por: Não Custa

1 outubro, 2009 Postado em Balada, Teatro e Cinema


Não Custa é uma iniciativa da interAmplitude especializada em Criação de Sites